domingo, 11 de maio de 2008

Análise: Corinthians



1. Introdução


Em 98 anos de história, pela primeira vez o Sport Club Corinthians Paulista jogará a segunda divisão do Campeonato Brasileiro. É sim um ano negro para os corinthianos, que ouvem a todo momento gozações dos rivais. Rivais que estão na primeira, obviamente.

Mas o que tiver de ser feito, será. Hoje começou a Série B para o Corinthians. Com uma vitória de 3 a 2 sobre o Clube de Regatas Brasil (ou CRB), o Timão dá o primeiro passo para a volta à elite do futebol brasileiro. A torcida fiel não parece ter sido avisada sobre o rebaixamento, já que lotou o estádio Paulo Machado de Carvalho (ou Pacaembu, para os íntimos), assim como vem enchendo o Morumbi na Copa do Brasil. Demonstrações como essas que enchem de lágrimas os olhos dos corinthianos mais experientes, que viram, entre outros, a invasão ao Maracanã de 76, e o título do Paulista de 77.

Restando apenas dois anos para o centenário, o Corinthians busca a primeira divisão. O que provavelmente irritará os rivais, e orgulhará os humildes operários que fundaram o clube, naquele longínquo 1º de setembro de 1910.

2. Mercado 2008

Entraram:
Lima - São Caetano
Rafinha - São Bernardo (empréstimo)
Chicão - Figueirense
Suárez - Unión San Felipe, do Chile (empréstimo)
Valença - Náutico
Acosta - Náutico
Eduardo Ratinho - CSKA Moscow, da Rússia
Roger - Flamengo
William - Grêmio
Herrera - Gimnasia de La Plata, da Argentina (empréstimo)
Marcel - Náutico
Perdigão - Vasco da Gama
Alessandro - Santos
André Santos - Figueirense
Bóvio - Catania, da Itália
Fabinho - Toulouse, da França
Diogo Rincon - Dínamo de Kiev, da Ucrânia (empréstimo)
Wellington Saci - Itumbiara
Douglas - São Caetano
Elias - Ponte Preta
Eduardo Ramos - Anápolis
Dênis - Santos
Careca - Águia Negra
Alves - Joinville (empréstimo)
Renato - Categoria de Base
Cássio - Categoria de Base
Morais - Vasco (empréstimo)
Bebeto - XV de Campo Bom
Otacílio Neto - Noroeste
Almeida - Iraty (empréstimo)
Diogo - Sport Recife

Saíram:
Rosinei - Murcia, da Espanha
Jean - Vitória
Clodoaldo - Pohang Steelers, da Coréia do Sul
Vampeta - Juventus-SP
Iran - Botafogo
Fábio Braz - Brasiliense
Arce - Al-Arabi, do Qatar
Júnior Negão - Madureira
Marinho - Ponte Preta
Rafael Fefo - Marília (empréstimo)
Gustavo Nery - Fluminense
Édson - Nacional, de Portugal
Wilson - Genoa, da Itália
Roger - Grêmio
Zelão - Saturn, da Rússia
Ricardinho - Sem clube
Kadu - Bragantino
Moradei - Bragantino
Marcelo - Ituano (empréstimo)
Betão - Santos
Aílton - Universidade Católica, do Chile
Eduardo Ratinho - Toulouse, da França
Amaral - Palmeiras
Éverton Santos - PSG, da França
Héverton - Vitória
Valença - Vila Nova
Finazzi - São Caetano
Bóvio - Sem clube
Coelho - Bologna, da Itália (empréstimo)
Carlão - Sochaux, da França
Éverton Ribeiro - São Caetano (empréstimo)
Suárez - Chacaritas Jrs., da Argentina
Dinélson - Coritiba
Caju - Náutico (empréstimo)

3. Jogadores

Breve análise dos jogadores
Goleiros:
1. Felipe:
Foi o grande ícone do Corinthians 2007, de longe o melhor do time, mas nesse 2008, não vem jogando bem.

13. Weverton:
Terceiro goleiro, não tem chances de jogar.

22. Julio Cesar:
Reserva imediato de Felipe. Substituiu o camisa 1 algumas vezes esse ano, e foi muito bem. Mostra estar pronto para ser titular a qualquer hora.

Laterais:
5. Alessandro:
Voltando de lesão, Alessandro é o principal nome para a lateral-direita. Cumpre bem a função ofensiva, mas deixa a desejar na defensiva.

6. Éverton Ribeiro:
Pouco utilizado por Mano Menezes, tem potencial, e uma boa canhota.


27. André Santos:
Uma das peças-chave do elenco. André Santos tem um forte chute e boa pontaria. Costuma passar velozmente nas costas dos adversários, criando boas oportunidades em conjunto com Dentinho.

33. Caju:
Subiu da base esse ano, onde era um dos principais jogadores. Não teve oportunidades no time principal. Tem como maior caracteristica sua velocidade.


33. Diogo:
Se destacou essa temporada pelo Sport na Copa do Brasil. Após vencer o torneio com a equipe de Recife, perdeu sua vaga de titular. Chega ao Corinthians para disputar a vaga de titular, mas principalmente para ajudar o elenco na 1ª divisão em 2009.

34. Wellington Saci:
Lateral rápido e de habilidade, mas sentiu o peso da tradição corinthiana e não vem jogando nada bem.

35. Dênis:
Bom lateral, mas nunca se firmou muito em uma equipe por sempre se machucar. Fez um gol em sua estréia pelo Corinthians.

Zagueiros:
2. Fábio Ferreira:
Formou, ao lado de Zelão e Carlão, o trio da zaga de 2007. Apesar do rebaixamento, mostrou ser um zagueiro de boa técnica.

3. Chicão:
Veio do Figueirense no início do ano, e ao lado de William, forma uma excelente dupla.

4. William:
Capitão, e um dos grandes zagueiros do país. Veio do Grêmio.

13. Renato:
Zagueiro de muita técnica. É tratado como a jóia do Corinthians para 2008.

14. Suárez:
Chileno, não teve muito espaço no Corinthians.
Já saiu.

16. Valença:
Veio do Náutico, nem jogou e já saiu.

30. Carlão:
Conhecido pela torcida pela raça em campo, Carlão tem um ponto forte que é o carrinho.
Após um bom começo de temporada foi vendido a Europa.

30. Alves:
Jogou mínimas vezes.

Volantes:
6. Cristian:
Foi bem no Atlético-PR e se transferiu para o Flamengo. Foi bem no estadual mas não se manteve no nacional. Chega ao Corinthians para amenizar a perda de vários volantes lesionados.

8. Perdigão:
Altera entre momentos bons e ruins, como a falha contra o Santos no Campeonato Paulista. Tem excelente passe.

14. Cássio:
O jovem volante se destacou na última Copa SP, sendo o capitão do "Timãozinho". Tem ótimo poder de marcação e bom passe.

16. Marcelo Oliveira:
Lesionou-se seriamente em 2007, quando estava entre os titulares. Volta no Campeonato Brasileiro.

20. Carlos Alberto:
Segue cobrindo improvisadamente a lateral-direita, e fazendo boas atuações.

21. Bruno Octavio:
Seguia 2008 bem, mas contundiu-se. A torcida não gosta dele.

28. Nilton:
Lembrado pelo gol contra o Santos em 2007, Nilton sempre está entre os relacionados para os jogos.

32. Fabinho:
Titular com Mano Menezes, é importante para o meio-campo corinthiano. Fabinho costuma iniciar jogadas, roubando bolas e lançando para os armadores.

39. Almeida:
WHO?

55. Bóvio:
É...


Meias:
7. Elias:
Fez um ótimo Campeonato Paulista pela Ponte Preta e veio para o Timão. Vem se encaixando na equipe e mostrando seu futebol de muita velocidade.

9. Morais:
Chega ao Corinthians por empréstimo após "briga" com a torcida do Vasco, clube no qual vinha de boas temporadas. Tem um chute muito forte.

10. Douglas:
Veio do São Caetano, e em seu primeiro jogo, foi muito bem. Com passes precisos e consciente, mostrou que é o meia que faltava ao Corinthians.

11. Marcel:
É... [2]

15. Diogo Rincon:
Saiu da fria Ucrânia e veio ao Corinthians com a função de ser o camisa 10, mas sem querer pegou a 15. Grande jogador, importante na Copa do Brasil até então.

19. Lulinha:
Não passou de promessa até então, mas tem tudo para ser um bom jogador, apesar de muito afobado.

23. Dinélson:
Se destacou na base fazendo o gol do título. Subiu para a equipe principal mas não se firmou. Passou por outras equipes do Brasil e retornou em 2007, mas uma lesão atrapalhou sua temporada. Quando voltou de lesão, foi vendido.


26. Rafinha:
Mano Menezes não utiliza-o alegando "falta de maturidade".

29. Eduardo Ramos:
Em seus primeiros jogos, pareceu nervoso, mas encaixará no meio-campo corinthiano. É armador, mas possui características de meio-campista central.

Atacantes:
9. Finazzi:
Vovô Finazzi não é o atacante mais técnico do mundo, mas se a bola sobra pra ele, as chances de marcar são altas (se ele dominar).
Saiu depois de fazer 40 partidas e 16 gols pelo Timão.

17. Herrera:
De "Quase-Gol" (como era chamado quando chegou ao Brasil), tornou-se uma das referências no ataque. Forte no cabeceio e na velocidade, fraco no domínio de bola. Alterna entre bons e maus momentos.

18. Lima:
Jogou pouco e não foi bem..

25. Acosta:
Acosta é muito supersticioso. No Campeonato Paulista marcou algumas vezes, mas sentiu o peso da camisa 10. Resultado: pediu a 25. Agora vai? Lento, mas muito inteligente.

31. Dentinho:
Era menos promessa que Lulinha, mas está jogando muito melhor que seu amigo. Ponto forte: Drible. Ponto fraco: afobação.

36. Careca:
Se destacou no Campeonato Sul-Matogrossensse e na Copa do Brasil 2008, quando fez 21 gols em 15 jogos. Foi contratado pelo Timão mas não vem sendo muito aproveitado.

38. Bebeto:
Jogador de confiança do técnico Mano Menezes. Estreiou com gol e vem entrando bem nos jogos.

4. O Técnico
Mano Menezes

Só pelo nome, identifica-se com o Corinthians. É um técnico que é conhecido pelo estilo retranqueiro, utilizando diversas vezes três zagueiros e muitos volantes. Fez um ótimo trabalho no Grêmio em 2007, e foi contratado para botar ordem na casa alvinegra após o rebaixamento. Trouxe do time do Sul jogadores de confiança, como William (que é o capitão corinthiano), e Herrera.

5. Formação

Time Titular
GK Felipe
CB William
CB Chicão
RB Alessandro
LB André Santos
DMF Fabinho
CMF Elias
OMF Morais
OMF Douglas
SS Dentinho
CF Herrera

Reservas imediatos:
GK Júlio César
CB Fábio Ferreira
CB Alves
RB Diogo
LB Wellington Saci
DMF Nilton
CMF Eduardo Ramos
OMF Lulinha
OMF Diogo Rincón
CF Acosta
CF Bebeto

Capitão: William
Falta de longe: Nilton / André Santos
Falta de perto: André Santos / Chicão
Escanteio do lado direito: Morais / Lulinha
Escanteio do lado esquerdo: André Santos / Lulinha
Pênaltis: Chicão / André Santos

Análise feita por Gabriel / Jão

0 comentários:

Postar um comentário

Voltar ao Topo ↑